Retalhos de uma Manta Inacabada

Sou uma manta, cuidadosamente, tecida com os mais puros retalhos de seda selvagem e burel, cujas cores o tempo se encarregou de avivar ou desmaiar. Nela vão resistindo pequenos retalhos do bibe de xadrez com que brincava no jardim encantado do sonho. Num dos lados, repousam enormes retalhos de todos aqueles que já partiram, mas que conservarei para sempre no meu coração. No outro lado, estão todos aqueles que ainda posso tocar e amar.

Nome:
Localização: Aveiro, Portugal

Eternamente crisálida...

terça-feira, novembro 21, 2006

Folhas vivas de Outono...





É na concha dos teus braços que aninho as folhas amarelecidas desta minha árvore enregelada… sentinela hirta dos meus medos.

As gotas do meu ser insatisfeito, crestadas pelo sol ardente dos meus dias, jazem, agora, neste chão endurecido.

Mas a seiva iluminada do teu ser, raiando sobre a torre dos meus sonhos, é o sémen de uma vida a descobrir.

E, na água transparente dos teus olhos… voltarei a viver um novo Estio.


Maria Rosmaninho

Ray Charles-What a Wonderful World

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

http://paginas.terra.com.br/informatica/tpb/Utilitarios/util.htm n deixar copiar textos