Retalhos de uma Manta Inacabada

Sou uma manta, cuidadosamente, tecida com os mais puros retalhos de seda selvagem e burel, cujas cores o tempo se encarregou de avivar ou desmaiar. Nela vão resistindo pequenos retalhos do bibe de xadrez com que brincava no jardim encantado do sonho. Num dos lados, repousam enormes retalhos de todos aqueles que já partiram, mas que conservarei para sempre no meu coração. No outro lado, estão todos aqueles que ainda posso tocar e amar.

Nome:
Localização: Aveiro, Portugal

Eternamente crisálida...

sexta-feira, junho 23, 2006

Sonho de uma noite estrelada



Sob este céu cintilante de estrelas, enrolo o meu querer nas pontas desta manta suave e desmaiada pelo tempo.

Recordo as tuas mãos que, suavemente, tocavam a minha fronte, com a leveza das plumas douradas pelo sol de um qualquer dia de Verão…

Há em cada estrela que me ilumina, o brilho do teu olhar espelhado nas águas calmas de um mar de tranquilidade, por onde os sargaços coleantes nos abraçam.

E o doce aroma, que se exala destas flores prenhes de sensualidade, é o aroma destilado dos poros da nossa pele escaldante de sonho…


A seiva das amoras odoríferas jorra dos teus lábios que suavemente tocam os meus e os penetram em frémitos de prazer.

Agora… as estrelas cintilantes são pomos odoríferos que penetram este meu sonho de uma noite imaginada.


Maria Rosmaninho

Dina- Amor de Água Fresca


1 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Querida amiga

O que escreves é de uma grande sensibilidade e erotismo.
Como gostava de escrever como tu...
Mas orgulho-me de ti...

E sinto-me em falta, face a mim mesmo, pois amigos me têm dito que escrevo bem em termos de poética, mas nunca soube para que lado se colocam os acêntos,as exclamações, as virgulas nas palavras... Aprendi a escrever com minha mãe, professora antiga, nessa época obrigaram-me a ser dextra, e não o sou. Nem calculas a trapalhada que faço ao comer, utilizando o garfo e a faca! Confundiram os meus neurónios!
Sabes no que sou boa?! ( hihi )
Na compreensão dos outros, trabalhei uma vida com muito sofrimento, tenho formação para isso.
Linda Rosmaninho. Tens que me mandar o teu e mail, lá pelas nossas noitadas no geral de alguns locais.
Às vezes adoro ouvi-los discutir, há ali homens e mulheres muito sabedores...Às vezes falo, claro, quando sei o que expresso...

Continua a escrever aqui, adoro ler-te.
Coloca mais música, adoro.
Beijinhos.

Cloe

25 junho, 2006 00:37  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

http://paginas.terra.com.br/informatica/tpb/Utilitarios/util.htm n deixar copiar textos